CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Resenha Salada no Pote com Molho.

Olá pessoal demorei um tempão pra voltar aqui e explicar como ficou a salada no pote com molho depois de alguns dias na geladeira né?!!! 
É que a correria tá grande....volta às aulas minhas, das minhas filhas, reforma em casa, com a gente dentro, tá difícil arrumar tempo e um local limpo e silencioso pra escrever aqui, mas vamos lá.


Bom montei as saladas no dia 4 de fevereiro (domingo), comi a semana toda, até 11 de fevereiro (domingo), alguns dias tive tempo de fazer salada fresquinha, por isso os potes duraram bastante. Porém minha análise foi, a salada dura 7 dias, passou disso não dá, talvez se for sem molho possa durar mais, mas não indico, o ideal é refazer de 5 em 5 dias, no máximo de 7 em 7 dias.

Sobre a praticidade.... Muito prático, facilita demais o dia a dia corrido, e nos salva naqueles dias que vamos a casa de alguém ou algum evento onde sabemos que terá tentações, comia antes de sair de casa e ia satisfeita.

Ainda não fiz mais, comecei a obra na minha casa e não estou tendo espaço limpo pra fazer, mas continuo no foco da vida saudável e vcs? Me contem, fizeram a salada no pote? Gostaram?

Espero que gostem dessa resenha.
Grande beijo.
Deus abençoe vcs.
Keila Morais

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Salada de Pote com Molho

Oi gente. Que saudade de escrever aqui no blog!!

Quem me segue por aqui sabe que faz quase 1 ano que não passo por aqui, com a facilidade do Instagram, Facebook e WhatsApp confesso que fica mais fácil colocar tudo por lá, mas escrever é algo que amo e aqui no blog é sempre prazeroso. Como sou brasileira e não desisto nunca, vou tentar criar uma rotina de postagens por aqui.

Mas, vamos a receita de hoje!!!

Quem me segue nas redes sociais, tem visto minha busca por uma vida mais saudável e consequentemente a vontade de eliminar peso, não é fácil pra ninguém e por isso decidi compartilhar meu dia a dia e receitas com todos que tiverem interesse.

A busca pela receita de Salada no Pote com Molho me impressionou, muita gente querendo saber como faço, se eu vendo, se quero comercializar, a verdade é que eu faço apenas pra minha casa, não quero comercializar e é fácil de fazer. 




Então anote a receita e vamos lá:

Para a salada:

Usei grão de bico cozido sem tempero algum, couve flor e vagem cozidas no vapor, frango desfiado temperado, cenoura ralada, alface e rúcula lavadas e sequinhas.

Para os molhos:

Molho de Abacate - 1/2 abacate, 1 copo de iogurte natural, 2 colheres sopa de azeite, orégano e sal a gosto, é só bater tudo no liquidificador.

Molho de Maracujá - 1 maracujá, 200 gr de requeijão cremoso, 2 colheres sopa de mel e sal a gosto, bata tudo no liquidificador, se preferir fazer o molho sem as sementes do maracujá bata apenas o maracujá, coe e depois adicione os demais ingredientes.

Montagem da salada:

A salada no pote não tem grau de dificuldade, o segredo é apenas colocar  o que for cozido e/ou mais duro primeiro e por ultimo sempre as folhas.

Montei a minha assim:

1 camada de molho ( cada receita da pra 5 potes, fiz 10 potes), em seguida o grão de bico, couve flor, vagem, frango desfiado, cenoura ralada, rúcula e alface.

Dica da Keila: em  cima da alface dobre um papel toalha e coloque por cima antes de fechar o pote. Isso manterá suas folhas sem umidade e na hora de comer estará fresquinha, é só tirar o papel toalha, fechar o pote chacoalhar bem e comer.

Fica delicioso e dura de 5 a 7 dias na geladeira.




Espero que gostem da receita, façam e compartilhem com os amigos.

Que Deus te abençoe.
Um beijo
@keilammorais

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Sopa de Batata do Outback

Oi pessoal, tudo bem? Eu estou bem.
Passando hoje aqui pra postar uma receitinha deliciosa, fácil de fazer e apaixonante, quem come uma vez, quer comer sempre.
O nome não é lá muito sugestivo, sopa de batata, logo você pensa em uma sopa rala, cheia de batata e água temperada, mas essa sopa de batata é diferente, é cremosa, gostosa e muito saborosa.
Vamos a receita.

Sopa de Batata do Outback
(Versão da Keila)

Ingredientes:

8 batata de médias a grandes, picadas em cubinhos.
2 Caldos de galinha
Sal a gosto
Pimenta a gosto
Bacon picadinho em cubos, aproximadamente 300gr
1 colher de manteiga
1 cebola média picada em cubos
1 colher de farinha de trigo
1 caixa de creme de leite
1 colher de requeijão cremoso
1 colher de catupiry
Salsinha para decorar
E eu uso 1 calabresa grande ou 4 daquelas fininhas, na receita original, não vai calabresa, mas eu amo e recomendo adicionar.

Modo de Fazer:

Pique as batatas em cubos pequenos, lave bem e coloque pra cozinhar numa panela grande, que será onde a sua sopa será finalizada, coloque água até cobrir as batatas e adicione 2 cubos de caldo de galinha, um pouco de sal e pimenta. Deixe cozinhar até amolecer a batata, porém não pode ficar desmanchando o ideal é ficar os cubos e não um purê.

Em outra panela frite o bacon e se quiser a calabresa, reserve.

Em outra panela, coloque a manteiga e frite a cebola, adicione a farinha de trigo, vai virar uma massinha, adicione um pouco da agua do cozimento da batata, ficará um creme grossinho, reserve.

Quando a batata estiver cozida na panela grande, adicione á panela grande o bacon, a calabresa, e o creminho grosso, misture bem, adicione o creme de leite, o requeijão cremoso e o catupiry, misture bem, experimente o sal, se for necessário adicione mais sal e pronto, sua sopa de batata está prontinha.

Sirva com salsinha picadinha.

Dicas da Keila:

*Quando está quente é normal ficar rala, conforme vai esfriando ela fica bem cremosa.

* Na receita original não vai a calabresa e não utilizam o catupiry e sim o queijo prato, mas eu preferi com o catupiry e com a calabresa, tudo é questão do seu gosto.

*Rende aproximadamente 20 pratos fundos bem cheios.

*Pra quem faz vigilantes do peso, calculei todos os pontos dos ingredientes e cada prato fundo bem cheio dessa sopa tem 4 pontos.


Espero que gostem da receita.
Façam e me contem.
Que Deus os abençoe.
Keila Morais








segunda-feira, 8 de maio de 2017

O Poder da Leitura

Hoje vou falar sobre a leitura e o poder que a leitura tem na vida de alguém.

Quantos livros você já leu? Você já foi presenteado ou presenteou alguém com um livro?

Na minha família, temos o hábito da leitura, até porque na época dos meus avós e pais, não existia a internet, o Google, e tudo que precisávamos para um trabalho ou pra aprender algo mais sobre um tema, era nos livros. 

Minha mãe escreveu um livro de poesias, e meu pai escreveu muitos livros sobre vários temas, ambos me ensinaram desde cedo a ler, e também a escrever meus sentimentos no papel, por isso, até hoje amo papel e caneta. E acreditem, tenho um caderno com várias poesias que escrevi quando criança. Hoje tenho algumas poesias em forma de música, sempre amei escrever e musicar minhas poesias.

Como tudo nessa vida é passado pra frente, procurei ensinar minhas filhas a ter amor pelos livros, e a Samara (10 anos), desde que aprendeu a ler, ama livros, lê vários livros de uma vez, e entende todos.

Ela leva livros pra todos os lugares, em viagens, em passeios, na casa dos outros, na sexta feira do brinquedo na escola, adivinha?, ela leva livros, no velório do meu pai, ela levou um livro, no banheiro ela vai com um livro, e acho livros espalhados pela casa, na cozinha, na sala, no banheiro, no quarto, e se não tem livro, ela lê rótulos de embalagens, bula de remédios, revistas, o que tiver pra ler, ela lê.

Eu incentivo à leitura, dou livros, se alguém doa livros eu vejo se tem títulos que possam interessa-la e já peço os livros, esses dias participei de um sorteio de um curso de espanhol, pensando em dar o curso pra ela, pois ela ama inglês e acredito que amaria aprender espanhol. Não tenho dinheiro para adquirir todos os livros que ela gostaria de ter, mas, incentivo de todo jeito que posso.

Graças a Deus a leitura, tem feito um bem imenso a minha filha Samara e a Manuela que tem 6 aninhos, não vê a hora de ler tão bem e rápido como a Samara, ela está aprendendo, e quando lê uma frase sozinha, fica toda feliz.

A leitura é algo mágico, transforma, ensina, aproxima, leva a criança a imaginar, criar, e o melhor de tudo, ensina a criança a ser comunicativa, ensina palavras novas, ensina que ela é capaz de chegar onde quiser.

Ontem, mais uma vez, recebi elogios sobre minha filha Samara, de bebê até um idoso, ela sabe se comunicar, sabe conversar sobre vários assuntos, desde brinquedos e desenhos infantis, até altos papos sobre matemática, astronomia e qualquer outro assunto que puxem com ela, ela desenvolve super bem.

Palavras difíceis fazem parte do vocabulário dela, e espero que ela permaneça uma amante dos livros e das palavras.

Deixo aqui minha dica de hoje, se você puder, incentive alguém a ler, pode ser até você mesmo, leia, saia do celular, da TV, da Internet e leia, faça palavras cruzadas no papel, pegue um livro fino e comece a ler.

Ler muda tudo, transforma e nos deixa mais inteligentes. Acredite quem lê, viaja, aprende, ensina, se encontra, se transforma num ser humano melhor.

Leia um livro.

E se você tem livros pra doar e não sabe pra quem doar, eu e minhas filhas aceitamos.

Espero que meu texto de hoje, te anime a ler.

Que Deus te abençoe.
Grande abraço 
Keila Morais

Segue fotos da minha leitora Samara.

   Samara com 6 anos lendo.

 Samara lendo no IPad pra irmã Manuela

 Samara quando ganhou livro de uma corrente de livros.

   Samara indo pra escola, ama aprender.

 Samara apresentando sua primeira peça de teatro.

  Minha princesa Samara. 

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Ah como eu queria morar em Stars Hollow.

Primeiro eu gostaria de dar um oi pra quem segue meu blog e não viu mais nenhuma postagem por aqui.

Confesso que amo escrever, mas a correria do dia a dia acaba deixando esse amor de lado.

Prometo que vou voltar a postar e deixar todos vocês atualizados sobre tudo que curto e que gosto de escrever e dividir com vocês.

Hoje quero falar da minha serie do momento....

Essa história de Netflix já faz parte do dia a dia de quase todos os brasileiros, séries e filmes e tudo mais por um preço máximo de 29,90? 

Parece um milagre, já que vivemos num país onde tudo está absurdamente caro e onde todos só pensam em lucrar cada vez mais.

Minha primeira dica é, quem ainda não tem Netflix adquira. Netflix é vida rssss.

Graças a Netflix estou tento a oportunidade de assistir desde o primeiro episódio minha série  do momento, Gilmore Girls.

Já havia assistido um episódio ali, outro aqui, mas começar do começo e entender tudo desde o começo tem sido o máximo.

Faltam 3 episódios para terminar a 1a temporada de 7..... Hahaha e já estou querendo morar em Stars Hollow, tomar café no Luke todo dia e participar de todas as festividades da cidade, detalhe, minhas filhas de 10 e 6 anos também estão apaixonadas pela cidade, pela Rory e pela Lorelai.

Então minha segunda dica de hoje é se puder assista Gilmore Girls do início, lembrando que é uma série pra mulherzinha, ideal pra assistir só as meninas, e pra quem tem filha adolescente/jovem é uma ótima oportunidade de estarem juntas num programa mãe e filha.

Espero que gostem das dicas.

Que Deus abençoe vocês.

Keila Morais

Ps: seguem algumas fotos da cidade e da série.


    Café do Luke

 
   Entrada da cidade

   
   Praça da cidade

   
   Lorelai e Rory Gilmore, personagens principais

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Caldo verde





Ingredientes 

4 batatas grandes
1 cebola grande
1 maço de salsinha
2 calabresas grandes em rodelas
1 maço de couve picada bem fininha
1 colher sopa de Manteiga ou Margarina 
Sal e Pimenta a gosto.

Modo de fazer

Cozinhe as batatas até ficarem bem moles, e bata no liquidificador com o próprio caldo do cozimento, reserve.
Bata cebola no liquidificador com um pouco de água e reserve.
Bata a salsinha separada da cebola com um pouco de água e reserve.
Refogue a couve a seu gosto e reserve. Costumo refogar na manteiga com alho.
Em um panela coloque a manteiga e leve ao fogo, qdo derreter acrescente a cebola batida e deixe cozinhar um pouco, acrescente a calabresa e deixe fritar, acrescente a batata batida e mexa bem, tempere com sal e Pimenta a gosto, deixe ferver um pouco e adicione a salsinha batida, misture bem e prove o tempero, se necessário adicione mais sal e pimenta, por último adicione a couve refogada, espere ferver novamente e está pronto o caldo verde.
É só se deliciar e esperar os elogios.







quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Pão de Queijo na Frigideira.

A receita de hoje é top.

Fácil de fazer, deliciosa e rapidinha....perfeita pro lanche da tarde.

Pão de Queijo de Frigideira.

Ingredientes:

1ovo
1 colher sopa de requeijão
4 colheres sopa de massa para tapioca
1 fatia de mussarela, queijo minas ou qq outro, picado em pedacinhos (opcional).
Sou hipertensa e não coloco sal, mas se vc gostar de comidas salgadas, acrescente uma pitadinha de sal. Não indico.

Modo de fazer:

Misture tudo e coloque numa frigideira, qdo desgrudar do fundo é só virar e deixar dourar do outro lado.

Prontinho!!

Uma delícia.
Façam e se deliciem.

Deus te abençoe.
BjKs
Keila Morais

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Bolo de Maça Sem Leite ( perfeito pra quem tem intolerância a lactose)

A receita de hoje, é fácil, prática, rápida e gostosa e além de tudo isso, é ótima pra quem tem intolerância a lactose.

Essa receita chegou a mim através da minha amiga Heloí Alves, é um bolo muito gostoso e fácil de fazer, fica ótimo quente e também frio e combina muito bem com um delicioso cafézinho.

Tenho parentes e amigos com intolerância a lactose e depois dessa receita, sempre que vou receber uma visita com intolerância a lactose é ele que eu faço, pois é delicioso.

Quem tem 3 maças na fruteira?!!!

Você tem? Então corre e anota essa receita....rsss





Bolo de Maçã

Ingredientes:


3 ovos1 xícara de óleoCasca de 3 maçãs2 xícaras de açúcarBata tudo no liquidificador.

Em uma vasilha misture:

2 xícaras de farinha de trigo3 maçãs picadasCanela a gosto 1 colher de sopa de fermento.

Acrescente o que foi batido no liquidificador, misture tudo e ponha pra assar em forma untada com manteiga e enfarinhada (açucarada) com açúcar.

O tempo depende do seu forno, no meu demora  35 a 40 minutos

Ficou douradinho? Então está pronto!!!!* Esse bolo cresce muito.

Agora é desenformar e se deliciar!!!!

Vale a pena experimentar essa receita.

Bom apetite e que Deus te abençoe.

Keila Morais

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Criar/Educar Filhos. Filhos são como Navios.

Boa tarde, olha eu aqui de novo.....
Nem acredito que consegui voltar rapidinho...kkkk, mas estou feliz por voltar e poder mais uma vez compartilhar meus pensamentos com vcs.
Hoje vou falar de filhos e a criação/educação deles, como seria bom se eles viessem com manuais como as tvs e celulares né?!!!
Mas não é assim que funciona.... e criar é diferente de educar.
Criar é fácil, Educar é que é difícil.
Particularmente, não posso reclamar muito, tenho minhas lutas na educação das minhas filhas, hoje com 5 e 8 anos, mas até agora, acho que fiz um bom trabalho. Desapeguei de muitas vontades minhas, pra cuidar delas e aprendi que ser sincera sobre qualquer assunto com nossos filhos, fazem eles se sentirem parte da família e assim vão criando responsabilidade e principalmente caráter.
Hoje lendo textos relacionados a filhos e a educação/criação deles, encontrei coisas maravilhosas e uni tudo nesse post, espero que gostem e que possa ajudar vocês nesse delicioso trabalho que é "SER MÃE".
Vamos lá?!!!
Como o Caráter é formado?
O caráter não é formado por ações isoladas, mas por hábitos. Caráter, portanto, é um conjunto de hábitos, quer positivos ou negativos. 
O que seria, hábito? 
Hábito é um modo de pensar, sentir ou reagir aprendido pela repetição. Qualquer ato repetido torna-se um hábito que juntamente com os pensamentos e sentimentos que o acompanham, forma o caráter. Portanto, a repetição forma o hábito que, por sua vez, forma o caráter.
Quando o Caráter é formado?
Durante o primeiro ano de vida, o ser humano aprende 50% de tudo que virá a aprender na vida e, no segundo ano, aprende mais 25%. Ou seja, nos dois primeiros anos de vida, o ser humano aprende 75% de tudo que um dia virá a aprender. 
Obviamente, parte desse aprendizado envolve aspectos motores e físicos como sentar, andar, mastigar, falar, etc., mas também aspectos de ordem emocional, intelectual e espiritual. 
Assim, ao terceiro ano de vida, grande parte do caráter já está formado e aos sete anos está concluído.
Deus, que é infinito em sabedoria, há muito tempo já nos ensinou esse princípio através das palavras inspiradas do sábio rei Salomão registradas na Bíblia:
“Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérbios 22:6).
*Nessa fase inicial de desenvolvimento de grande parte do caráter, hábitos são formados, que, por sua vez, formarão o caráter do futuro adulto. Tais hábitos são aprendidos através do que alguns educadores costumam chamar de princípio “macaco vê, macaco faz”.
*Dados publicados em: Rockey, Ron e Nancy, Chosen (Nampa, Idaho: Pacific Press Publishing Association, 2001) p. 117.


Princípio estranho né?!! Ainda mais quando se trata de filhos.....o que o macaco tem a ver?

Relaxa, é só uma comparação. Pois os macacos não são os únicos que aprendem através da observação e imitação. As crianças também fazem o mesmo! 
Ao observar e imitar repetidas vezes atitudes e reações dos que as circundam, hábitos são formados. 
As reações observadas no primeiro ano nem sempre se refletem imediatamente, mas provavelmente serão reproduzidas no segundo e terceiro ano de vida. Esse princípio nos leva a uma pergunta de extrema importância:

O que os nossos filhos estão observando? 

O que nossos filhos estão observando diariamente no ambiente familiar, no ambiente escolar, incluindo o que assistem na televisão e as músicas que ouvem? 
Nessa fase tão importante, a criança ainda não possui um “filtro” para ajudá-la a discernir entre o certo e o errado, pois ainda está aprendendo o que é bom e o que é ruim. 
Ao assistir um desenho violento, por exemplo, ela ainda não entende completamente que aquilo é errado e que não deve ser imitado. Assim, nós pais temos a responsabilidade de ser o “filtro” de nossos filhos e oferecer o que há de melhor para que, através da observação, eles venham a imitar o que é bom.

Formando hábitos positivos
Hábitos positivos formam um caráter positivo, o que deve ser o objetivo da educação de todo lar cristão. 
Entre os vários atributos que compõem um caráter positivo, destaco aqui apenas seis:

1- Amor e carinho: Sem dúvida, todo pai deseja que seu filho seja amoroso e carinhoso, afinal, esses são atributos importantes para um caráter positivo. 
É essencial considerar alguns aspectos do ambiente familiar: O que a criança tem observado no relacionamento dos pais? Como é o relacionamento entre os membros da família? Há brigas, xingamentos, reprovações e agressividade? Os pais costumam brigar na frente dos filhos? Demonstram irritação e impaciência com o choro da criança? Perdem a paciência e proferem palavras duras? A criança ouve os pais criticarem um ao outro na ausência de um deles? Ou há um ambiente amável, cortês e carinhoso no lar onde os pais são vistos se abraçando com frequência e trocando palavras de apreço? 
Para ensinar amor e carinho, é preciso oferecer um ambiente familiar amoroso e carinhoso. Além do ambiente de amor e carinho, outra forma muito eficaz de conquistar o coração dos filhos é dedicar tempo para eles, especialmente para brincar. Brinquedos caros logo são esquecidos, mas a lembrança de ter a família unida para brincar é algo que não se esquece. 
2- Confiança: Para termos filhos dignos de confiança, precisamos ser pais dignos de confiança. 
Lições de confiança ou desconfiança são uma das primeiras lições aprendidas pela criança, mesmo sem entender palavras. 
A criança aprende a confiar nos pais quando eles atendem às suas necessidades prontamente. 

 Ao implantar e seguir uma rotina em casa, os pais têm mais facilidade de decifrar a necessidade da criança, ajudando-a a sentir-se segura e confiante

Em um relacionamento digno de confiança entre pais e filhos não cabe, por exemplo, ameaças por parte dos pais de que a "polícia", o “homem do saco” ou o “bicho papão” aparecerão se fizerem algo errado. Ao cumprirmos promessas feitas e falarmos sempre a verdade, nossos filhos aprendem que podem confiar em nós e pelo nosso exemplo se tornam pessoas dignas de confiança.




3- Respeito: Como é a disciplina no lar? Os pais são autoritários demais reprovando, muitas vezes com agressividade, tudo que a criança faz? Exigem obediência pela força? Ou são complacentes demais, deixando a criança fazer tudo que quer sem restrição? O “não” que dizem significa “não” mesmo ou muitas vezes voltam atrás na ordem dada? 

Para ensinar respeito à autoridade dos pais e mais velhos, é preciso haver uma disciplina equilibrada, o que é possível somente através da ajuda e da orientação de Deus. Quando os pais são autoritários demais a criança inconscientemente entende que não é amada. Por outro lado, quando são liberais demais, a criança entende que ninguém se importa com o que faz. Quando o “não” ou o “sim” dos pais não se cumprem, a criança entende que a palavra dos pais não tem valor, o que é muito grave. 

4- Cooperação: Ensinar a criança a cooperar nos deveres domésticos é ensiná-la a ser responsável e útil para a sociedade. Ao permitir que o filho participe das tarefas domésticas o ensinamos a gostar de ajudar e trabalhar em equipe. As crianças naturalmente têm desejo de imitar o que os pais fazem em casa. 

Ajudar nas tarefas domésticas não é o mesmo que trabalho infantil
Ao cooperar em casa, os filhos aprendem que a família é uma equipe que precisa trabalhar em união.

5- Zelo pela saúde: Zelar pela saúde é um atributo de caráter muito importante, especialmente tendo em vista que a saúde é um dom de Deus e que o nosso corpo é o templo do Seu Espírito. Em geral, os filhos aprendem a gostar e apreciar aquilo que os pais gostam de comer. 
É tarefa dos pais selecionar o que há de melhor para a saúde dos filhos e ajudá-los a gostar através de seu exemplo. 

6- Amor a Deus: Sem Deus, nossos esforços para educar nossos filhos no caminho correto não serão bem-sucedidos. É Ele que nos ajuda, que nos orienta e promove a harmonia no lar. Com Ele ao nosso lado, é possível desenvolver hábitos positivos em nossos filhos, pois Ele é o único capaz de transformar o coração. Como ensinar, então, nossos filhos a amar a Deus? Não basta professarmos amor a Deus, precisamos demonstrar isso através de nosso exemplo. Reflitamos: Há o costume em nosso lar de agradecer a Deus pelo alimento, pela proteção e outras bênçãos recebidas? Temos nos esforçado por ensinar nossos filhos através de nosso exemplo a buscar a Deus em oração e entregar-Lhe todos os pesares, dificuldades e tristezas? Temos o costume de louvar a Deus e procurar entender e praticar a Sua vontade para a nossa vida? Temos buscado implantar em nosso lar o hábito de buscar a Deus em família? 

Buscar a Deus em família é uma das melhores maneiras de ensinar os filhos a amar e respeitar a Deus. 

Que Deus nos ajude e abençoe os nossos esforços ao buscarmos desenvolver em nossos filhos um caráter digno de Sua aprovação.

Além desse estudo encontrei um texto perfeito sobre filhos, vale a pena ler.
Lindo e muito verdadeiro.


Filhos são como navios…
Ao olhar um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora.
Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos.
Dependendo do que a natureza lhes reserva, poderá ter que desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos.
Certamente retornará fortalecido pelo aprendizado adquirido, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto feliz à sua espera.
Assim são os FILHOS. Estes tem nos PAIS o seu porto seguro até que se tornem independentes.
Por mais segurança, sentimentos de preservação e manutenção que possam sentir junto aos seus pais, eles nasceram para singrar os  mares da vida, correr seus próprios riscos e viver suas próprias aventuras.
Certos que levarão consigo os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola, mas a principal provisão, além das materiais, estará no interior de cada um:
A CAPACIDADE DE SER FELIZ.
Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém.
O lugar mais seguro que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.
Os pais também pensam que sejam o porto seguro dos filhos, mas não podem se esquecer do dever de prepará-los para navegar  mar a dentro e encontrar o seu próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, este porto para outros seres.
Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que na bagagem devem levar VALORES herdados como:
HUMILDADE, HUMANIDADE, HONESTIDADE, DISCIPLINA, GRATIDÃO E GENEROSIDADE.
Filhos nascem dos pais, mas devem se tornar CIDADÃOS DO MUNDO. Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.
Os pais não devem seguir os passos dos filhos e nem devem estes descansar nos que os pais conquistaram. Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, de seu porto, e, como navios, partirem para as próprias conquistas e aventuras.
Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que:
QUEM AMA EDUCA!
“COMO É DIFÍCIL SOLTAR AS AMARRAS!”
Içami Tiba


A FELICIDADE CONSISTE EM TER UM IDEAL PRA BUSCAR E TER A CERTEZA DE ESTAR DANDO PASSOS FIRMES NO CAMINHO DA BUSCA.
Termino esse post dizendo que eu não tenho uma família perfeita, mas tenho uma família "possível". 
Entre erros e acertos, lutas e vitórias, temos conseguido seguir em frente e educar nossas filhas com base naquilo que acreditamos ser o certo, e principalmente colocando Deus e a sua palavra como referência.
Sem Deus nada seriamos.


Que Deus abençoe a todos.
BeijoKas.
Keila Morais

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Sandálias Gladiadoras....Quem pode usar? Como usar? Cano longo ou curto? Brega ou "tá na moda"?



Oi Gente, depois de muito tempo sem visitar meu blog e sem postar nada, aqui estou eu de volta pra falar das sandálias gladiadoras....amadas por muito e odiadas por outros.




Quem pode usar?


A sandália gladiadora pode ser usada por quase todos os tipos de mulheres, desde que combinadas com looks apropriados para cada perfil. 

Mulheres altas e magras podem usar os modelos que sobem na perna. As mais baixinhas e não tão magras devem optar pelos modelos que vão só até o tornozelo. 

O cuidado deve ser tomado na proporção da roupa.

A principal característica dessas sandálias é o excesso de tiras, e isso não combina com pernas grossas, pois dá ainda mais volume para as pernas, nesse caso, deve-se usar as gladiadores que vão até o tornozelo, "nunca" as de cano longo.

As mulheres baixinhas e gordinhas devem evitar esse tipo de sandália, inclusive as de cano baixo e as de cano alto são propostas para mulheres jovens, nada de querer ser mocinha fora de época.....para cada idade existe um estilo de roupa apropriado.








Como Usar?

A rasteirinha gladiadora normalmente achata a silhueta, fazendo você parecer mais baixa do que realmente é. Ela tem tiras horizontais e tudo que alinha na horizontal achata.  
As mulheres que tem pernas grossas, por exemplo, acabam engrossando-as ainda mais e para amenizar o ideal é apostar no calçado nude, ou seja, exatamente da cor da sua pele.  Esse truque evita que a silhuetada seja cortada.
Esse tipo de sandália deve ser usada diretamente sobre a pele, "nunca sobre calças".
Use com saias e shorts acima dos joelhos.
Com saias mais longas, no comprimento midi, com vestidos e com pantalonas curtas. 
Resumindo, tem que ter estilo e bom senso pra usar. Se não está segura, é melhor nem comprar.

Cano Longo ou Curto?
Cano Longo para mulheres altas e magras. 
Estatura mediana, apenas se as pernas foram finas.
E cano curto para as baixinhas e mulheres que tenham pernas grossas, as mulheres altas e de estatura mediana tbm podem e devem usar.



Brega ou "Tá na Moda"?
A Sandália Gladiadora está na moda sim, e se torna brega a partir do momento que se usa da forma errada, isso não é só pra sandália gladiadora, qualquer roupa que vc usar da forma errada ou para o tipo de corpo errado, ficará brega.
Quer saber o tipo do seu corpo e que roupas usar? Clique nesse link, já fiz um post sobre isso. http://fazendoartecomkeilamorais.blogspot.com.br/2013/07/tipos-de-corpo-voce-sabe-qual-e-o-seu.html
Espero que tenham gostado do post e espero conseguir voltar mais vezes por aqui.
BeijoKas e fiquem com Deus.
Keila Morais.


domingo, 5 de julho de 2015

Montando um LOOK

Oi Gente, faz tempo que não passo por aqui, que saudade.

O assunto hoje é simples, porém pra alguns é complicado.

Como montar um look?!!!
Como combinar peças?!!
Por onde começar?!!!

Vou expor aqui o meu jeito de montar um look, vcs podem achar diferente, engraçado ou curioso, mas quando vou montar meu look começo pelo sapato...... sapato?!! sim, pelo sapato.

Acho mais fácil decidir um look escolhendo primeiro o sapato que vou usar, mas isso é um particular meu, não é regra, eu apenas acho que assim o restante fica mais fácil.

Quantas vezes você montou seu look, separou tudo e o sapato não combinou?!!!

Seja roupa de festa ou um simples passeio no parque, se o calçado não é bem escolhido, mata todo o look.

Então minha sugestão é:

1- Analise o local que vc vai, festa na fazenda, passeio no parque, shopping pra tomar um café ou shopping pra fazer compras, tudo isso altera o calçado....ir de salto fazer compras não dá né, fica cansativo e brega. Analisou o local, decidiu se o estilo é basico, dia a dia, social, esporte, esporte fino, traje de gala? Vamos para o segundo ponto.

2- Escolha o calçado. Decida pelo local que vai, não pela roupa que tem. Decida se é confortável, se vai andar muito ou não, se ele machuca seu pé em algum lugar, se aperta aqui ou ali, inclusive para isso existem soluções que ajudam, mas terei que criar outro post pra isso.

3- Agora sim escolha a roupa. Seja qual for, ficará mais fácil com a escolha do sapato primeiro.

4- Escolha os acessórios. Colares, bolsa e etc. Nada combinadinho demais, foi-se o tempo.

Prontinho, agora é curtir o passeio.

Acredite, por mais estranho que pareca começar a escolha do look de baixo pra cima, dá super certo e  facilita a vida da gente.

Segue algumas fotos de looks que peguei na internet e alguns looks meus que adoro.









Espero que vocês tenham gostado da minha dica e se fizerem a experiência, me contem aqui se deu certo ou não.

Que Deus abençoe a todos.

BeijoKas.

Keila Morais.









terça-feira, 12 de maio de 2015

Canelone de Peito de Peru - Zero Carboidrato

Oi Gente, achei que a vida aqui em Goiás seria mais tranquila e teria mais tempo pra postar novidades no blog, mas, graças a Deus, estou no agito.
Agito diferente devo admitir, mas o tempo que tenho sobrando, estou aproveitando pra curtir mais minhas filhas, meu marido, amigos e coisas como criar novas receitas, ler livros que queria muito e estavam empoeirados por falta de tempo, arrumar roupas minhas que eu mesma gosto de renovar e por ai vai.
Enfim, vamos a receita nova e que muitos ficaram curiosos em aprender a fazer.



Canelone de Peito de Peru. Zero Carboidrato


Ingredientes:

10 fatias de peito de peru, sem aquela borda durinha, caso queiram e tenham $$ comprem o blanquet de peru, mas acho absurdo cobrarem o dobro do preço só pq é sem a bordinha....rss

2 fatias de musarrela light, cada uma cortada em 5 tirinhas, o que dará 10 tirinhas.

250 gramas de frango desfiado já temperado.

1 cebola pequena

1 tomate grande

2 colheres sopa de requeijão zero.

Sal e pimenta a gosto.


Modo de fazer:

Pegue a fatia de peito de peru e a coloque em cima de um prato ou tábua, em cima da fatia de peito de peru coloque uma tirinha de mussarela light e um pouco do frango desfiado já temperado, faça um rolinho como se fosse um canelone e coloque numa travessa que possa ir ao forno, repita esse processo com as demais fatias de peito de peru e vá colocando um rolinho ao lado do outro.

Depois de terminado os rolinhos/canelones, pegue uma panela ou frigideira, unte com uma gota de azeite e pique a cebola do tamanho que desejar, espere ela murchar um pouquinho e coloque o tomate picadinho sem a casca  e vá mexendo até ele se desmanchar, tempere com sal e pimenta a gosto e coloque as duas colheres de requeijão zero, misture bem e jogue por cima dos canelones/rolinhos.

Leve a travessa ao forno até dourar um pouquinho, cerca de 5 a 10 minutos e pronto, está pronta uma refeição deliciosa, fácil e rápida de fazer e mega saudável.






Essa receita pode ser adaptada com presunto magro, peito de frango fatiado, recheio de carne moida, camarão, carne desfiada e outras opções, use sua criatividade e mande ver na cozinha.

Bom Apetite!!!
Deus abençoe a todos.
Keila Morais.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

De volta ao Blog. Receita prática e rápida de bolinho de arroz com strogonoff.

Gente, qto tempo não passo aqui.

Muitas novidades e mudanças na minha vida, mas agora acredito que eu consiga aparecer mais vezes com muitas receitas e dicas pra vocês.

Como o ano pra mim começou com muitos gastos, é preciso economizar em todas as áreas e na cozinha principalmente...como as coisas estão caras, meu Deus.

Aqui em casa evito o desperdício e jogar aqueles restinhos de comida fora, não acontece por aqui.

Então a receita de hoje é minha última invenção.

Bolinho de Arroz com strogonoff de frango.

Ingredientes:

Sobra de arroz
Sobra de strogonoff
Farinha de trigo para dar o ponto.

Modo de fazer:

Sobrou arroz, guarde, achou pouco, coloque no freezer, uma hora vc vai usar.

Sobrou strogonoff, guarde, achou pouco, coloque no freezer, por 3 meses ele é usável.

Eu aproveitei os dois itens e adicionei farinha de trigo até a massa não cair da colher, esse é o ponto.

Se quiser adicione sal.

Faça bolinhas e frite em óleo bem quente ou asse até dourar.

Sirva com molho de pimenta ou rose, com um suco gelado ou um café novinho.

Bom apetite!!

Aqui em casa recebi muitos elogios, prepare-se pra receber também.

Que Deus abençoe a todos.

Keila Morais

terça-feira, 1 de abril de 2014

Mandioca ao creme.

Olá pessoal, hoje vou dar uma receita muito difícil.

Mandioca ao creme.

Primeiro vou contar a história e depois dar a receita, de tão difícil que a receita é, preciso contar a história primeiro....rsss

Sou Goiana, e Goiano adora fazer mandioca cozida nos churrascos, eu não sou diferente, sempre que posso dou um jeitinho de levar mandioca pros churrascos mesmo morando aqui em São Paulo, e consegui convencer os Paulistas a comerem mandioca no churrasco....rsss

Minha irmã Nina e minha amiga irmã Heloi, chegaram um dia aqui em São Paulo com a novidade desse creme para colocar por cima da mandioca e eu logo anotei a receita pra inovar em minhas mandiocas.

É fácil, rápido e muito gostoso.

Vamos a receita?

Ingredientes:

Mandioca
Cebola
Cheiro verde ou salsinha
Creme de leite
Sal a gosto.
Azeite.

Modo de fazer:

Cozinhe a mandioca como de costume, eu cozinho a mandioca na panela de pressão por 10 minutos após pegar pressão, pq eu amo a mandioca derretendo e cozinho com manteiga, Sazon amarelo e caldo de galinha ou carne, para já sair com sabor e cor diferenciados. Amoooooo.

Para o creme,  em uma panela coloque azeite e frite a cebola até dourar, na seqüência adicione o cheiro verde picado e deixe ele murchar, adicione o creme de leite e o sal a gosto, deixe ferver e pronto, jogue por cima da mandioca e prepare-se para receber os elogios e os pedidos da receita.

#dicadaKeila para cada 2 quilos de mandioca cozida use um maço de cheiro verde e 3 cremes de  leite  200gr, fica na proporção perfeita.







Espero que gostem dessa receita.

Que Deus abençoe a todos.
BeijoKas 
Keila Morais

sexta-feira, 28 de março de 2014

Voltando ao blog.

Oi gente, quanto tempo não passo por aqui.
Não que eu tenha desistido de escrever e contar minhas experiências, dicas, desabafos, e etc, mas, realmente passei por altos e baixos nesses últimos meses e acabei não tendo tempo de passar por aqui.

Fiquei fora de São Paulo por 60 dias, pois no ano passado meu pai que mora em Palmas-To, estava muito doente e precisando de cuidados, então, deixei minha filha de 6 anos e meu marido aqui em São Paulo e fui pra Palmas com minha filha de 3 anos, pra ajudar nos cuidados com meu pai.
Foi um tempo muito gostoso, aproveitei muito com ele e curti cada minuto que ficamos juntos.
Ele ainda está muito doente, precisando de cuidados constantes, mas não tenho como deixar minha vida e ficar lá com ele, e pra São Paulo ele não vem de jeito nenhum, então o que me resta é orar, ligar e esperar julho chegar pra ir visita-lo.

Fora minha estada em Palmas, teve tbm as férias de apenas 4 dias com minha família juntinha, melhor coisa do mundo. 
Depois de 60 dias fora da minha casa, muita, muita coisa pra resolver e colocar no lugar, não só coisas materiais, mas tbm as emocionais, afinal, minhas filhas sentiram muito, uma a falta da mãe, e a outra a falta do pai.
Pra vcs terem idéia, até hoje estamos trabalhando pra colocar em ordem a cabeça delas, principalmente a minha pequena Manu de 3 aninhos, que sofreu com a distância do pai.

Apesar de tudo, e de todos os prejuízos que tive por um lado, não me arrependo do tempo que estive com meu pai, e sim, faria tudo novamente, pois estar ao lado dele esses dias, me deram um novo ânimo pras coisas da minha vida normal, me fizeram ver melhor e rever algumas pessoas em minha vida, me fez ver que sou melhor, mais forte e muito mais incrível do que eu achava que eu era, e principalmente me fez ver que o amor cura, o amor une e o amor faz o impossível acontecer.

Agradeço a todos que oraram por mim nesse tempo.
Espero poder dividir muitas coisas e dicas novas com vocês aqui no blog.
E logo mais eu volto com novos posts.
BeijoKas.
Fiquem com Deus.
Keila Morais.

Obs: Abaixo algumas fotos dos momentos que passei com meu pai em Palmas, coloquem ele em suas orações, o nome dele é Mario.